Funerárias de Porto Alegre estenderão atendimento do serviço de remoção

Categoria: Notícias Criado: Segunda, 27 Março 2017 08:59

As funerárias de Porto Alegre irão estender o horário de atendimento do serviço gratuito de remoção de corpos ao morgue, nos casos de mortes naturais. A decisão foi tomada em reunião ocorrida na terça-feira, 21 de março, no Centro de Eventos da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), e decorre da criação do Serviço de Verificação de Óbitos (SVO), anunciada pela prefeitura. Com a implantação do SVO, estimada para entre 30 e 60 dias, os médicos das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) deixarão de ir a residências atestar declarações de mortes naturais. O serviço gratuito de remoção era prestado justamente em horários alternativos aos de funcionamento das UBSs. Agora, será em tempo integral. Até a implantação do SVO, ficará a cargo do Hospital Vila Nova atestar declarações de mortes naturais.

O SESF-RS comunicará a prefeitura sobre a decisão das funerárias de estender o horário de atendimento do serviço. A necessidade de mudança nas rotinas a partir do anúncio da criação do SVO havia sido tema de duas reuniões, nos dias 14 e 16 de março. Em ambas, participou o presidente da Comissão Municipal de Serviços Funerários de Porto Alegre (CMSF), Paulo Valentim Saldanha Fernandez. A reunião do dia 14 teve a presença da diretoria do Sindicato e do representante das empresas na CMSF, Zélio Roberto Bentz de Oliveira. A do dia 16 contou com a participação do presidente Carlos Alberto Graff, dos demais membros da comissão que administra a Central de Atendimento Funerário de Porto Alegre (CAF) e do enfermeiro Jorge Della Flora, que representou a Saúde do município.

Na reunião ocorrida no Centro de Eventos da AMRIGS, presidida por Graff, 17 empresas foram representadas. Pela CMSF, participaram Fernandez e Oliveira.

0
0
0
s2smodern