Regional Missões Norte fecha recadastramento no Sistema de Remoções

Categoria: Notícias Criado: Sexta, 06 Outubro 2017 07:00

A Missões Norte foi a última delegacia do SESF-RS a recadastrar funerárias da região no Sistema de Remoções de Corpos. As reuniões ocorreram nos dias 4 de outubro, em Giruá, e no dia 27 de setembro, em Frederico Westphalen. O Colinas Hotel foi palco da reunião de Giruá, enquanto a Universidade Regional Integrada (URI) recebeu a de Frederico Westphalen. Nos dois encontros, a diretoria do Sindicato foi representada pelo presidente Carlos Alberto Graff e o vice Valdir Gomes Machado. O patrocínio do ciclo de reuniões nas delegacias é do Grupo L. Formolo.

Em Giruá, destaque para a palestra de Graff sobre posicionamento de marca no setor funerário. Outro tema discutido na reunião foi a necessidade da manutenção do comportamento ético no atendimento às famílias e na relação com os colegas de profissão, em favor da união da categoria. O presidente também convidou os empresários a participarem da Exposesf – Exposição Nacional de Produtos e Serviços Funerários e 10ª Confraternização, que ocorrerá nos dias 24 e 25 de novembro, no Dall’Onder Grande Hotel, em Bento Gonçalves. “Contamos com a participação de todos vocês”, reforçou.

Em Frederico Westphalen, o destaque ficou por conta do elogio de Graff aos empresários da região pelo cumprimento das regras do sistema. “Quero parabenizá-los pelo trabalho que fazem. Vocês são um exemplo de moralidade no setor funerário”, destacou. Outro assunto tratado na reunião foi a atuação do Sindicato junto a deputados estaduais em busca de apoio para a solução dos problemas que envolvem os postos do Departamento Médico-Legal (DML). Foi informado aos empresários que o SESF-RS aguarda a aprovação do requerimento de audiência pública sobre o tema encaminhado pelo deputado Nelsinho Metalúrgico (PT) à Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa.

Outras reuniões

Na reunião da regional Missões Sul, ocorrida em Ibirubá no dia 12 de setembro, destaque para o debate sobre o Projeto de Lei 7.380/17, de autoria do deputado federal Covatti Filho (PP-RS), que dispunha sobre medidas para evitar a contaminação pelo necrochorume nos sepultamentos. Graff comunicou aos empresários a decisão do parlamentar de retirar a proposta, após tratativas com o SESF-RS e o Sindicato dos Cemitérios e Crematórios Particulares do Brasil (Sincep). Outro tema discutido na reunião foi a emissão da declaração e da certidão de óbito e a necessidade do aperfeiçoamento das rotinas. Segundo o presidente, o tema havia sido tratado em um seminário ocorrido no dia anterior, promovido pela Secretaria Estadual da Saúde (SES/RS), onde ele cobrara providências.

Ocorrida em Erechim, no dia 22 de agosto, a reunião da regional Planalto Médio teve como assunto principal os problemas enfrentados pelas funerárias em um posto do DML que atende a região. Ficou acertado que o Sindicato tentará uma reunião com a divisão responsável pelo posto. Outro tema tratado na reunião foi a ferramenta de consultas online oferecida pelo SESF-RS que permite a empresa acompanhar o rodízio nas localidades onde presta o serviço gratuito de remoção e traslado de corpos ao DML. O secretário executivo Rodrigo Oliveira da Silva esclareceu as dúvidas dos empresários sobre o software.

Na reunião da regional Carbonífera, ocorrida em Arroio dos Ratos no dia 16 de agosto, o destaque ficou por conta da presença do chefe da Divisão de Perícias Metropolitana do DML, César Augusto Mércio Pereira Ferreira. O servidor elogiou o trabalho das funerárias que participam do sistema e atribuiu a falta de recursos e de servidores como causa para o fechamento e atendimento deficitário de postos. Segundo ele, o Instituto-Geral de Perícias (IGP) opera com 37% do efetivo necessário, e os aprovados no concurso aberto pelo órgão só devem assumir em 2018. Ainda sobre o concurso, Graff lembrou que o pedido de abertura havia sido feito pelo Sindicato.

Ocorrida em Montenegro, no dia 25 de julho, a reunião da regional Vale do Caí teve como destaque a posse da nova delegada Márcia Klein. Sócia-proprietária da funerária Vargas, de Montenegro, ela assume no lugar de Rafael Adair dos Reis, da funerária São Sebastião, de São Sebastião do Caí. Outro assunto tratado na reunião foi os problemas que envolvem os postos do DML. Assim como em Arroio dos Ratos, o chefe da Divisão de Perícias Metropolitana do órgão, César Ferreira, esteve presente e pontuou as dificuldades para a manutenção do atendimento. O servidor também abordou procedimentos e rotinas internas para a necropsia de corpos.

 

  

 

 

 

 

0
0
0
s2smodern